“NOSSA HISTÓRIA”

Comunidade Missionária Providência Santíssima

 

 

 

Na experiência do amor de Deus, um pequeno grupo se reunia

para rezar e perscrutar a vontade de Deus.

O Espírito Santo estava suscitando algo novo,

e era necessário ouvir, com clareza, o que estava sendo pedido.

“Perseveraram rezando” (At.1,14), conforme o exemplo dos Apóstolos,

e o grupo foi aumentando sem nenhuma propaganda,

apenas as pessoas perguntavam o que de novo estava acontecendo.

Alguns, como se tivessem recebido convite, entravam no grupo.

 

No dia 18 de dezembro de 1983, pela primeira vez

comunicamos ao Arcebispo de Ribeirão Preto, D. Romeu Alberti,

a proposta que Deus havia suscitado ao coração do grupo:

ser Comunidade para juntos anunciar,

com um novo ardor missionário, a Boa Nova,

partilhando o dom da vida. levando a toda criatura

o nome de Jesus e sua amada Igreja;

recuperando, no coração do homem sofrido, cansado e angustiado,

o lugar de Deus, o amor à Igreja;

restaurando a Igreja, promovendo a recuperação dos valores humanos,

dos doentes, dos cegos, surdos e mudos,

conforme a palavra de Isaías no capítulo 61.

 

A missão de Jesus é missão de todo batizado

e consciente desta missão, o grupo quis vivê-la como tal.

D. Romeu, silenciosamente, ouviu toda a proposta

e respondeu-nos apenas:

“O que Deus quer, homem nenhum pode impedir.

Vão em frente: quero acompanhá-los mais de perto, até chegar à aprovação.

 

Fizemos um ano de caminhada, e nos encontrávamos com ele,

três a quatro vezes por mês.

Em 4 de outubro de 1984, deu- nos a autorização para a fundação civil da Obra;

"...autorizo, para os devidos fins, o registro dos Estatutos da

Comunidade Missionária, com sede em Jardinópolis, estado de São Paulo,

que funcionará nesta cidade..."

 

E no dia 27 de outubro de 1984, na Igreja Matriz de Jardinópolis,

tivemos a missa em ação de graças pela

fundação da nossa Comunidade Missionária.

Com sua autorização, abrimos a primeira casa da

Comunidade Missionária com um oratório,

sendo o Santíssimo entronizado por D. Romeu Alberti.

 

Em 7 de janeiro de 1985, iniciamos a casa feminina.

Pe. Orlando, presbítero da Diocese de São João da Boa Vista

e Reitor do Seminário Arquidiocesano de Ribeirão Preto,

dava formação ao grupo de casais e voluntários,

juntamente com Zélia Maria,

franciscana missionária do Coração Imaculado de Maria,

e Lucinéa Maria, Leiga Consagrada.

 

Depois de um ano e oito meses de caminhada,

o pároco da cidade de Jardinópolis, Pe. Moisés,

vendo o trabalho realizado por nós

propôs-nos trabalharmos no Bairro da Vila Reis,

um bairro pobre e marginalizado.

Emprestou-nos uma casa e disse:

“É tempo de provar para ver se a obra é de Deus”.

E na Vila Reis, na sua Divina Providência.

Deus realizou maravilhas, entre as quais a transformação

da vida dos membros da Comunidade

e dos habitantes do bairro, em todos os aspectos.

 

E Deus aumentava-lhes o número de membros.

A experiência de chegarem inúmeras vocações,

a alegria dos jovens em querer seguir o Evangelho em comunidade,

a coragem de largar tudo e doar-se por inteiro nesta Obra

foi motivando o povo de Deus a contribuir com os

bens materiais necessários a cada dia.

Sem nenhum trabalho remunerado,

a Providência de Deus, presença viva que se manifesta através dos irmãos,

nos concede o sustento, seja espiritual, seja material.

Deus nunca falhou. Assim como foram aparecendo vidas

para segui-lo na Comunidade Missionária,

fomos também recebendo doações para acomodá- las,

propriedades, bens materiais e tudo mais para as necessidades efetivas.

 

Desde o ano de 1983, sob o olhar de nossos Bispos,

D. Romeu Alberti, D. Tomás Vaquero, D. Arnaldo Ribeiro e D. Dadeus Grings,

caminhamos em frente, conforme a ordem dada pelo arcebispo,

no dia da fundação civil da Obra.

No momento da aprovação diocesana

D. Dadeus Grings, Bispo da Diocese de São João da Boa Vista,

juntamente com todos os padres da sua Diocese,

nos ajudaram na elaboração das nossas Constituições para a aprovação.

Com o lema episcopal “A verdade vos libertará”,

são hoje o instrumento para que esta Obra possa ser instituída.

 

 

Somos uma Família Missionária:

- Missionários presbíteros;
- Missionários (as) de doação total;
- Missionários casados;
- Missionários das Obras das Vocações e Comunicações;
- Missionários jovens, adolescentes e crianças.

 

 

A “Comunidade Missionária Providência Santíssima”,

nome que assumimos em 07 de abril de 1997,

é uma Família Missionária que tem um único desejo:

Tornar o nome de Jesus Cristo conhecido e amado.

Nosso desejo é que cada irmão encontre, nestas páginas,

subsídios para a meditação, a oração e revisão de vida.

Que assumam, com toda a convicção, uma vida de doação

a Jesus Nosso Senhor e Salvador.

Tenham um amor profondo a Maria, nossa mãe querida,

e como ela possam dar o seu sim, com muita fé.

Vivam o nosso Carisma, irradiando a alegria que emana do Espírito Santo.

 

 

 

 

Comunidade Missionária Providência Santíssima

Copyright © 2017